xsHEDuA NUCLEARSHOP banner  instalação 4TxUTAO banner  instalação

Home / SATELITE SKS / Apagão SKS Verdades e Mitos sobre Azbox, Azamerica 24/03
Apagão SKS  Verdades e Mitos sobre Azbox, Azamerica 24/03

Apagão SKS Verdades e Mitos sobre Azbox, Azamerica 24/03


PORTAL 300x264

Apagão SKS  Verdades e Mitos sobre Azbox, Azamerica 24/03
Apagão SKS de algumas marcas de ontem para hoje com várias outras marcas ainda se sustentando no satélite no meio deste apagão SKS e a confusão está generalizada, ninguém sabe realmente o que está acontecendo com este apagão.

Mas como não nos furtamos que publicar o que levantamos sobre este mercado dos receptores de satélite, já que não vendemos receptores, não somos patrocinados por lojas de receptores, nem por fabricantes de receptores e muito menos por servidores de cardsharing ou algo do tipo, e muito menos pelas operadoras de tv por assinatura, a nossa língua pode falar o que realmente acontece e aí o pessoal desce a lenha na gente por que não querem que a gente fale a verdade.

Então vamos todos nos situar em meio ao que é este mercado de receptores de tv via satélite com SKS, IKS, cardsharing e outros métodos que possam existir para quebrar o sinal das tvs por assinatura, para a partir disso cada um poder capturar a lógica do que acontece no mundo do SKS.
- Afirmação 1) Azbox é legal = MITO

Aqui estamos falando de legislação amigos, e a verdade é que o Azbox não é legalizado, apesar de não haver ainda lei no Brasil versando especificamente sobre o uso dos receptores de satélite e sobre a quebra de codificação das tvs por assinatura, a cada dia que passa medidas mais duras estão sendo tomadas contra o mercado de receptores Azbox, Azamerica e tantos outros similares.

Servidores de Cardsharing já foram fechados e os donos destes servidores presos, veja neste artigo, apesar de ainda existirem alguns servidores de cardsharing funcionando, mas os donos destes servidores tem medo de serem presos, mas continuam a jurar que não tem este medo.

Outros fatos depõem legalmente contra os receptores de tv via satélite:

- Azbox e similares foram proibidos de entrar legalmente no Brasil e outros países da América do Sul como Chile e Uruguai.

- Os receptores não são vendidos abertamente em lojas conceituadas, o maior canal de vendas dos receptores é através de contrabando, ou seja, pessoas que se arriscam para vender estes receptores e podem acabar sendo enquadradas por descaminho.

- Milhares de receptores já foram apreendidos e destruídos no Paraguai, por determinação da Justiça com sentença em favor das operadoras de tv por assinatura, empresas de codificação de sinal de canais de tv e associações de empresas do mercado de televisão. Este tipo de operação já aconteceu mais de uma vez.

- Os sites especializados em Azbox e similares não tratam os produtos e nem os nomes de canais e operadoras pelo nome correto, ficam tentanto invetar uma maneira de disfarçar estes nomes como se isso fosse possível, é um tal de Gl0bU, Escuro, 3SPiEne e tantas outras besteiras que não adiantam nada para disfarçar a comercialização da pirataria no sinal da tv por assinatura.
Azbox, Azamerica e outros são operados por pessoas boazinhas e existem para salvar as pessoas das operadoras de tv por assinatura malvadas. = MITO

Sim, as operadoras de tv por assinatura são mesmo malvadas já que não baixam os valores exorbitantes dos pacotes de baixa qualidade que oferecem ao mercado brasileiro e latino americano, no entanto as marcas de receptores de tv por assinatura existem por um motivo muito menos nobre do que salvar os pobres consumidores das garras capitalistas das operadoras de tv por assinatura.

Azbox, Azamerica e outras marcas de receptores similares existem por que este é um mercado lucrativo e elas ganham muito dinheiro com este comércio ilegal, a ABTA calculou o número de receptores Azbox no Brasil, e ele é de centenas de milhares de receptores, ou seja, um filão de milhões de dólares anuais e que não é um mercado operado por ingenuidada e sim por pessoas com interesse não muito nobre e que tem recursos para distribuir os seus produtos através do cerco legal e policial a que estão submetidos.
SKS, o sistema partilha de chaves de quebra de sinal das tvs através do satélite é operado através de um transponder alugado no Hispasat por Azbox, Azamérica, Ibox e outras marcas de receptores de satélite. = MITO

Infelizmente por mais que estas marcas de receptores de tv via satélite se esforcem em dizer que operam legalmente neste satélite, a verdade é que eles não alugaram o TP de dados pelo qual transmitem as chaves de SKS.

É isto mesmo, os satélites Hispasat e tantos outros são operados pela Eutelsat, uma empresa que opera a maior frota de satélites em todo mundo e que tem acordos comerciais com as maiores operadoras de tv por satélite no mundo e com as maiores redes e canais de televisão, ela não iria se queimar alugando um TP de um satélite seu para uma atividade que prejudica os seus maiores clientes.
A Eutelsat desligou o TP de dados usado pelos dongles SKS no Hispasat. = VERDADE E MITO

É aí que está a base da maior confusão ocorrida durante o Apagão SKS ocorrido este final de semana e pelo qual algumas marcas cairam e outras marcas passaram sem grandes arranhões.

Na prática é possível transmitir dados em qualquer TP do Hispasat, mesmo aquelas TPs que não são declaradas como TPs de dados, isto por que na realidade os canais de tv digital são transmitidos atravé de dados, claro, os canais são transmitidos através de arquivos em codificação MPEG, ou seja, são dados também, então é possível encontrar um TP vulnerável e com espaço ocioso para que se possa injetar os dados das chaves através dele.

É uma operação complicada mas perfeitamente possível para quem conhece o sistema de transmissão por satélite a fundo, aqui mesmo no Brasil algumas pessoas foram presas por estarem usando um satélite de comunicações americano de forma ilegal e eles operavam com simples antenas offset para mandarem o sinal para o satélite.

A Hispasat está sendo pressionada para resolver o problema de emissão das chaves SKS através do Hispasat, da mesma maneira que o operador do Telstar 12 foi pressionado e acabou sendo obrigado a retirar o sinal do TP de internet do Telstar 12 que estava locado para a Ragio e com isto desabrigar a Ragio.

No Hispasat infelizmente não conseguimos saber com certeza quem loca o transponder usado pelos receptores de satélite para transmitir as chaves SKS.

A verdade é que a Hispasat está tentando derrubar a TP usada pela Azamerica, Azbox, Ibox e outros, mas parece que esta missão ainda está longe de ser concretizada.
Azamerica e outras sobreviveram ao apagão SKS, o que quer dizer que a TP do SKS do Hispasat continua a mesma = AÍ QUE MORA O SEGREDO

E aí que mora o segredo bem guardado por todas as marcas de receptores, o que parece mais lógico é que a TP declarada como sendo a TP das chaves SKS no Hispasat seja um mito.

Como dissemos acima, num satélite que facilita o uso de seus transponders sem a permissão do operador do satélite é teoricamente possível injetar um sinal de dados em teoricamente qualquer transponder, ainda mais quando os dados a serem transmitidos são tão leves quanto as chaves de SKS.

Outra coisa a se notar é que as marcas que sobreviveram estiveram mexendo em seus firmwares durante o ano e podem sim ter mudado de TP no Hispasat durante o ano e até mesmo traçado uma estratégia de usar mais de uma TP no satélite para transmitir os dados das chaves SKS, com isto se uma TP cair se tem outra TP para continuar o sistema.

Uma estratégia que parece não ter sido seguida por todas as marcas.
E por que Azbox está mudando de satélite depois do apagão SKS que sofreu? = INCOGNITA

Azamérica cortou sua parceria com a Tocomsat por que a Tocomsat não estava prestando um serviço de qualidade.

Azbox ainda não conseguiu contratar um servidor de SKS que atenda seus clientes a contento.

Ora, todo mundo sabe que as marcas de receptores de tv não tem mais servidores de IKS e SKS próprios e acabam contratando pessoas especializadas neste tipo de serviço, que é preciso ser operado por pessoas altamente especializadas e a margem da lei, este não é um tipo de serviço que se contrata colocando um anúncio num jornal e nem através de uma empresa de recrutamento.

Esta claro que até pode existir colaboração entre as marcas mas nem todas tem as mesmas pessoas trabalhando para elas, com isto nem todas as marcas conseguem chegar nas mesmas soluções.

Por que a Azbox não consegue continuar no Hispasat? Talvez a gente nunca saiba disto e talves diante do sucesso de suas concorrentes, Azbox e outras marcas similares voltem a operar no Hispasat depois do Apagão SKS a que foram submetidas no último domingo.

Vale lembrar que falamos neste artigo de fatos inegáveis do mundo dos receptores de satélite mas em muito do modo de operar o SKS das marcas de receptores de tv via satélite são especulações a partir da lógica de como é o funcionamento da transmissão de canais e dados via satélite.

Esperamos que os donos de receptores de satélite percam a ingenuidade e enxergem este mercado do Azbox como ele realmente é, a margem da lei e operando no escuro, esta é a realidade e não há como fugir dela.

feedback:  gps.pesquisa
Mais:Informações
Dados do Arquivo Categoria:  Noticias
Nome:
Noticias
Data: 24/02/2013
Dados do arquivo Linguagem: Portugês Formato RAR Tamanho:Noticias


talk Comente, Compartilhe! Clique aqui e dê sua opinião sobre esta matéria.

Faça seu comentário

comentário

About admin

-
Free WordPress Themes - Download High-quality Templates